300 venezuelanos vão ser levados de Roraima a outros estados

Ogeneral do Exército Eduardo Pazuello, coordenador da Força-Tarefa Humanitária do Governo Federal em Roraima, afirmou na quarta-feira (28) que 300 imigrantes venezuelanos devem ser levados a outros estados do Brasil a partir de 5 de abril.

O processo é chamado de ‘interiorização dos venezuelanos’ e será realizado em aviões da Força Aérea Brasileira (Fab).

De acordo com o G1, os voos serão custeados com os R$ 190 milhões liberados pelo Governo Federal para o Ministério da Defesa lidar com fluxo de imigrantes no estado.

Moradora de rua ganha liberdade após três anos presa ‘por engano’

Roraima recebe desde 2015 um número crescescente de venezuelanos que fogem da crise econômica e política vivida no regime de Nicolás Maduro. Nos últimos três anos, mais de 20 mil pediram refúgio à Polícia Federal em Roraima. A estimativa é de que menos 450 imigrantes cruzem todos os dias a fronteira do estado.

O general informou que já existem 860 vagas preparadas por outros estados para receber os imigrantes venezuelanos que estão em Roraima.

“Queremos diminuir a pressão desse efetivo [de venezuelanos] em Boa Vista e a partir daí ir seguindo com esse processo de interiorização conforme o necessário”, afirmou Pazuello.

Ainda segundo o general, o objetivo da Força-Tarefa Humanitária é acolher todos os venezuelanos que estão vivendo nas ruas e praças da capital. “Essas pessoas [em situação de rua] precisam ser cadastradas e abrigadas e vamos trabalhar para isso”.

FONTE: NOTICIAS AO MINUTO